Saturnino Braga


ARTIGO: A NOVA DEMOCRACIA NO CONGRESSO DO CENTRO CELSO FURTADO
ARTIGO: O ÓDIO NA POLÍTICA
ARTIGO: ENERGIA E CRIATIVIDADE
ARTIGO: SOBREVIVÊNCIA
ARTIGO: A IMPORTÂNCIA DA DIMENSÃO POLÍTICA NO DESENVOLVIMENTO
ARTIGO: O AMOR CIDADÃO
ARTIGO: NA POLÍTICA: BONS VENTOS PARA OS DUZENTOS ANOS
ARTIGO: JORNADA DE SEIS HORAS
ARTIGO: O MISTÉRIO DA LITERATURA
ARTIGO: UM NOVO MUNDO
ARTIGO: O DESENVOLVIMENTO SOCIAL
ENTREVISTA: NAÇÃO BRASILEIRA QUER UM ESTADO QUE SEJA PRESENTE E ATUANTE
ENTREVISTA: ROBERTO SATURNINO BRAGA, DEPOIS DA POLÍTICA, FINALMENTE NA IDADE DA RAZÃO
CONTO: SABER
CONTO: OS PRIMOS DE SÃO CRISTÓVÃO
CONTO: A BRIGA
CONTO: O TREZE
CONTO: O DOCEIRO DA CUPERTINO
CONTO: O PORTEIRO NEGRO
CONTO: MARTIN
CONTO: O FOTÓGRAFO
CONTO: MARCHAS ANTIGAS
CONTO: AMERICO DA PRAIA DO PINTO
CONTO: O SORRISO DE JORGINA
CONTO: AQUELE SENTIMENTO
CONTO: A MULHER MÔNICA
CONTO: DOIS BEIJOS
CONTO: MINDINHA
CONTO: IMELDA
CONTO: A DECISÃO
LIVROS
LIVROS

 

ITINERÂNCIA

Editora Contraponto (2017)
Saturnino Braga, ou simplesmente Saturnino, é um dos poucos homens públicos honestos e sinceros. Foi deputado federal, senador da República pelo Rio de Janeiro, prefeito carioca e vereador na capital.

Em nenhum desses postos enfiou as mãos no erário. E olhe que estamos diante de um cidadão com atividades políticas e administrativas para além de cinquenta anos. Sempre honestamente. Com essa disposição e essa coragem desafiou a cautela dos anjos. Isso mesmo.

Em qualquer recanto democrático deste velho e corrompido mundo tais entes espirituais nunca transitam pelos caminhos da política. Evitam os riscos de contaminação. Saturnino, um homem de fé espiritual muito própria, desafiou a cautela dos querubins e não cedeu. É um caso exemplar.

Depois de cinco décadas, ou mais, ele deixou a vida pública sem sinais de queimadura ou sequer sair chamuscado. Nunca drenou o dinheiro público para causas próprias. Nem por isso, entretanto, invoca a sua ilibada conduta ao falar da política, da qual tanto gosta.

Esse político lidou bem com a política. Conhece dela as virtudes e os vícios. E a entende, além de outras razões, a partir da distinção proposta por Max Weber entre a ética da convicção e a ética de resultados: "Na política, é dominante a exigência de resultados em termos da satisfação e da felicidade da sociedade, e o juízo da coletividade admite muitos desvios em relação aos ditames da ética, se necessários forem para a consecução desses resultados", sustenta Saturnino Braga.

Ao acompanharmos os muitos caminhos que Saturnino percorreu, entre os quais estão algumas angústias pessoais, são destacáveis as razões dos bloqueios e ataques do jornalismo conservador a um político progressista. Ele sempre afirma e reafirma sua convicção e assim se explica: "Ser estatizante e ser sonhador são duas das principais características de um político de esquerda." 

Partidariamente, foi por onde sempre andou. Lá pelas tantas, ele escreve: "Sou brasileiro e gosto do Brasil." O texto soa como um brado nacionalista. É o que ele é. Saturnino não se conforma com a dominação do Brasil, sob o jugo norte-americano.

Este livro é uma grande lição sem as amarras da didática. O autor escreve o que pensa e o que sente, sem se incomodar com opiniões discordantes e sem incorporar a arrogância. Por isso não impõe. Propõe.

Saturnino Braga é marcado por invejável serenidade política. Ele, porém, não sufoca a coragem.

 

ELA E AS VITRINES DO RIO

Editora Record (2016)
Sinopse:
A vida cotidiana, feita de personagens e acontecimentos aparentemente prosaicos, pequenas e grandes belezas, golpes, quedas e saltos, é a matéria que anima esta reunião de contos. Passando por diferentes bairros e camadas sociais, recortes das histórias privadas, ao mesmo tempo universais e singulares, são contados por estilhaços sutis do dia a dia, detalhes que apenas o olhar sensível pode captar. Vida caleidoscópica que se descortina e se desdobra em muitas, como são inúmeras as cidades dentro de uma — dentro do Rio de Janeiro de Roberto Saturnino Braga.


LIÇÕES DO GOLPE

Editora Fundação Perseu Abramo (2015)
Sinopse: Coletânea de 17 Correios semanais, escritos durante o ano de 2016, focalizando o tema do impeachment da presidenta Dilma Roussef

 

 DEMOCRACIA PARTICIPATIVA NO RIO

Em Coautoria com Bruno Saturnino Braga

Editora Contraponto (2015)
Sinopse: Publicado pela Editora Contraponto, o livro versa sobre a gestão participativa da Prefeitura do Rio, de 1986 a 1988

POSITIVISMO E CONSTRUTIVISMO:
Nas Teorias do Conhecimento, das Sociedades e das Organizações

Em Coautoria com Antonio Saturnino Braga

Editora Contraponto (2014)
Sinopse: Livro de filosofia política que analisa as duas formas de relacionamento entre o sujeito e o objeto do conhecimento humano, sua evolução ao longo da história e seus desdobramentos sobre as teorias da sociedade e sobre a política.
 

RETRATO DO SER

Editora Record (2013)
Sinopse: Romance em que um personagem fictício pensa sobre a sua vida, na qual são inseridas varias passagens da vida do próprio autor.

ÉTICA E POLÍTICA

Editora Contraponto (2012)
Sinopse: Ensaio que trata das relações entre ética e política, acrescido de outros artigos relacionados com o tema.

CORREIOS DO RIO

Editora Publit (2011)
Sinopse: Coletânea dos Correios dos primeiros anos

CARTAS DO RIO

Editora Record (2011)
Sinopse: Romance que começa em forma epistolar entre três personagens e passa para narrativa, com o aparecimento de um quarto personagem, que é o narrador

O CURSO DAS IDÉIAS

Editora Fundação Perseu Abramo (2009)
Sinopse: História do pensamento político no mundo e no Brasil

OS QUATRO CONTOS DO MUNDO

Editora Record (2008)
Sinopse: Quatro histórias curtas passadas nos quatro cantos do mundo: no sul (Argentina), no oeste (Mato Grosso), no norte (Portugal) e no leste (Rio de Janeiro).

MUDANÇA DE ÉPOCA

Editora Publit (2007)
Sinopse: Artigos e ensaios políticos escritos nos primeiros anos do novo século.

CONTOS DE RÉIS

Editora Record (2005)
Sinopse: Contos passados no Rio ao tempo dos mil-réis.

ENTRE SÉCULOS

Editora Contraponto (2004)
Sinopse: Artigos e ensaios políticos escritos no período da virada do século XX para o XXI.

O QUARTETO

Editora Record (2003)
Sinopse: Romance da vida de quatro personagens do Rio em meiados do século passado.

CONTOS DO RIO FILOSOFIA EM 7 DIMENSÕES

Editora Record (1999)
Sinopse: Contos que mostram sete personagemns com sua filosofias de vida, típicas do Rio.

GEOGRAFIA DO RIO EM QUATRO POSIÇÕES

Editora Record (1997)
Sinopse: Quatro histórias curtas passadas em quatro regiões do Estado do Rio: Na Serra (Itatiaia), no Rio (Paraíba do Sul), na Planície (Campos dos Goytacazes) e na Praia (Rio de Janeiro)

HISTÓRIA DO RIO EM DEZ PESSOAS

Editora Record (1994)
Sinopse: História do Rio em Dez Pessoas: Contos passados no Rio, narrando a história de dez pessoas vivendo nas décadas de 1930 até 1990

GOVERNO-COMUNIDADE – SOCIALISMO NO RIO

Editora Paz e Terra (1989)
Sinopse: Exposição sobre gestão de Saturnino na Prefeitura do Rio, de janeiro de 1986 a dezembro de 1988.

DISCURSO AOS SOCIALISTAS

Editora Paz e Terra (1985)


DISCURSO AOS DEMOCRATAS

Editora Artenova (1977)


POLÍTICA ECONÔMICA E ESTATIZAÇÃO

Editora Civilização Brasileira (1976)





Minha PáginaDados PessoaisBiografiaCurrículoCondecoraçõesPublicaçõesCorreios